Manituana, por Wu Ming – leitura para o Verão

Já tenho um dos mais recentes livros do colectivo de escritores italianos wu ming, autores de Q, livro que deu nome a este blog e que, escusado será dizer, tornou-me um fiel leitor deste quinteto de italianos – Manituana

A espera por uma tradução para português revelou-se demasiado longa. Comprei o livro em inglês pela Amazon e parece que lerei mais alguns na língua inglesa, pelo preço e/ou inexistência em Portugal. Uma pena.

Aqui ficam as palavras do editor inglês:

In 1775, at the dawn of the revolution that gave birth to the United States of America, British loyalists
and rebels compete for an alliance with the Six Nations of the Iroquois. The Iroquois, the most powerful indigenous tribal group in the Mohawk River Valley, with a constitution hundreds of years old, have coexisted with the colonists for generations. Now they must make a painful decision that gravely endangers the future of their mixed community. Together, English and Indian representatives of that community undertake a long voyage to London, capital of the British Empire, knowing that the road back will be paved with war.

Verso Books, London and New York, 2009

Boas leituras :).

 

#livros#manituana#wu ming

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.