Debian mix – testing e unstable

Resolvi voltar ao Debian no desktop (mantendo o Ubuntu por enquanto no portátil). Transferi o iso da última build semanal (31 de Dezembro) e instalei o Lenny. Dado que o Lenny está em freeze há bastante tempo ainda tem pacotes bastante desactualizados, por exemplo GNOME 2.22, resolvi fazer correr o Sid (Unstable). Assim quando o freeze “descongelar” vou ter uma rolling distro com pacotes muito bleeding hedge :).

Mas apesar de querer ter o Sid não quero que o meu sistema quebre muitas vezes por isso configurei o apt pinnig para manter os pacotes do testing quando uma actualização tiver como resultado a remoção de um pacote.

Fiz o seguinte:

Editei como root o /etc/apt/sources.list e adicionei os repositórios do unstable, mantendo os do lenny.

# nano /etc/apt/sources.list

deb ftp://debian.ua.pt/debian/ testing non-free contrib main
deb-src ftp://debian.ua.pt/debian/ testing main main contrib non-free
deb ftp://debian.ua.pt/debian/ lenny-proposed-updates non-free contrib main
deb-src ftp://debian.ua.pt/debian/ lenny-proposed-updates main
deb http://security.debian.org/ lenny/updates non-free contrib main

deb ftp://debian.ua.pt/debian/ unstable non-free contrib main
deb-src ftp://debian.ua.pt/debian/ unstable non-free contrib main

Depois aumentei o tamanho da cache do apt (mais repositórios, mais pacotes, maior cache) criando o ficheiro: /etc/apt/apt.conf.d/99cache

E adicionei a seguinte linha:

APT::Cache-Limit “134217728”;

Agora a parte mais importante: criar o pinning para o apt. É isso que vai fazer com que os pacotes sejam preferencialmente transferidos do Sid, excepto quando isso quebrar o sistema ou quando a versão de determinado pacote for a mesma no testing e unstable, como é o caso desta alura de freeze.

# nano /etc/apt/preferences

Package: *
Pin: release a=testing
Pin-Priority: 650

Package: *
Pin: release a=unstable
Pin-Priority: 700

E está pronto a actualizar:

apt-get update
apt-get -y upgrade
apt-get -y dist-upgrade

a flag -y é apenas para dizer “sim” a todas as questões feitas pelo apt-get.

E pronto. Já instalei imensos pacotes e fiz bastantes ajustes no sistema, como é normal no Debian. Mas aí é que tá a piada no fundo :D. Até agora corre tudo sobre rodas, mas a parte mais divertida será quando o freeze terminar e enchurradas de novos pacotes começarem a inundar o Sid.

O conceito de rolling distro agrada-me muito, muito mais do que os lançamentos calendarizados que a maior parte das distros usa. O Debian, nos ramos testing e unstable, funciona como uma rolling distro pelo que nunca há necessidade de fazer actualização de distribuição, como no Ubuntu. Também por isso tenho aqui um iso do Foresight Linux, que é uma rolling distro sempre com o GNOME mais recente, para testar numa VM.

Aqui fica um screeny do meu novo Debian. Pela prineira vez uso muito vermelho no tema :).

Debian-lenny-sid


If you want to follow this post leave a comment bellow and continue the thread, or sbscribe the feed. If you don't have a feed reader you may subscribe by e-mail. Click here to sign up.

Trackbacks & Pingbacks

[…] Debian mix – testing e unstable » Omnia sunt communia Mas apesar de querer ter o Sid não quero que o meu sistema quebre muitas vezes por isso configurei o apt pinnig para manter os pacotes do testing quando uma actualização tiver como resultado a remoção de um pacote. […]


Comments

Deixar um comentário

Line and paragraph breaks automatic, e-mail address never displayed, HTML allowed: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

(obrigatório)

(obrigatório)