O que tem ocupado o meu tempo

Para além de trabalho até dizer chega que, infelizmente, ainda vai durar mais quase uma semana, o meu tempo livre (produtivo) tem sido ocupado com traduções e scripts em python.

Nas traduções actualizei vários módulos para estarem a 100% na altura do lançamento: fantasdic, gnome-packagekit, banshee e gparted (este estava pouco mais de 20% traduzido). O fantasdic é um dicionário que permite configurar várias fontes de dicionários, incluindo o google translate. O gnome-packagekit é um gestor gráfico de pacotes que pode utilizar vários motores (apt, yum, conary etc) e é utilzado por omissão, que eu saiba, no Fedora e no Foresight Linux. Está aqui no meu Fedora agora mesmo também :).  O Banshee toda a gente conhece, é uma aplicação de gestão e reprodução de multimédia para o GNOME desenvolvida em GTK#.

Há uns dias foi feita também uma pequena revisão ao Gcompris.

Apesar do tempo livre ser pouco vou arranjando umas horitas para traduzir o que me deixa bastante contente.

Continuo a brincar com python e dbus, nomeadamente com o meu script musictracker que coloca a música e o artista que estamos a ouvir no banshee no estado do pidgin. Está um pouco mais polido agora, já gere alguns erros e coloca também o número de vezes que já ouvi uma música no estado. Um dia destes quando isto estiver mais “usável” posto aqui o script.

Ando também a ver a API do WordPress e talvez faça qualquer coisa para rapidamente postar pela linha de comandos. 🙂 Inútil? quase, mas divertido!

#actualização#banshee#fantasdic#gnome#gnome-packagekit#pidgin#python#Traduções

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.