“Governei, mas menos do que tu!”

A eleição de um novo líder do PSD desencadeou um interessante debate.
Digladiam-se os presidentes e ilustres militantes e deputados dos dois
maiores partidos da região – e por sinal os únicos que governaram em
quase 44 anos de democracia – sobre quem governa há mais tempo.

• • •

O vírus da indiferença

Por estes dias, e desde há algumas semanas, que a situação criada
pelo designado COVID-19 domina as atenções mediáticas e o debate público
pelas características da doença e pelo seu impacto global. O assunto
merece, sem margem de dúvida, a atuação decidida das autoridades
públicas – mas também de todas e todos nós – no sentido de debelar esta
situação e evitar ao máximo o seu alastramento.

• • •

Vamos combater a precariedade a sério?

A precariedade laboral encontra-se associada ao fomento da pobreza, situação que na nossa Região é mais grave do que a nível nacional. O combate a este flagelo social deve ser por isso prioridade. A autonomia tem de servir para fazer melhor e por isso ser também instrumento para combater a precariedade.

• • •

Morte assistida: a liberdade para decidir

No dia da votação dos cinco projetos de lei sobre a despenalização da
morte assistida, o debate sobre o tema continua. Não utilizar este
espaço para nele participar seria falta de comparência. O tema merece o
todo o empenho de que quem defende o direito a que cada um possa
escolher, nas condições específicas previstas nos projetos de lei, o
momento em que quer morrer.

• • •