Uma pedrada no charco

A política açoriana não é conhecida por grandes mudanças. Em 40 anos de autonomia, dois partidos formaram governo: 20 anos cada um de forma consecutiva e apenas 4 presidentes do governo regional. A maioria dos governos regionais foram de maioria absoluta e, neste momento, há 20 anos que governa o PS, 16 deles com maioria […]

• • •

As vitórias da Esquerda e as revelações da Direita

Passaram-se duas semanas das eleições, no dia em que escrevo. Ainda não sabemos que governo teremos: se um governo das direitas que se uniram antes das eleições e pretendem continuar no mesmo caminho de empobrecimento em nome da “consolidação orçamental” ou um governo que possa afastar-se desse caminho de flagelação do país, protegendo o emprego, […]

• • •

Sobre o masoquismo dos portugueses e as eleições

Jerónimo de Sousa perguntou se o povo português era masoquista. Pois eu acredito que seja, ou então disfarça muito bem. Os portugueses acreditam que tudo isto é o maldito fado, o destino que está traçado, a vontade de deus, ele manda e nós temos que acatar. Foi deus que nos mandou estes políticos ladrões, que […]

• • •

Se Alegre avançar tem o meu voto

Se Manuel Alegre avançar com um novo partido ou coligação de Esquerda tem, mais uma vez, o meu voto. Já não há muitos que seguem aquilo que pensam em vez de serem meras marionetas nas mãos do poder.

• • •