As mudanças da crise

Olhando para trás na história é fácil constatar que as grandes mudanças acontecem em alturas de “crise”. A “crise” pode ser criada por diferentes factores: guerras, epidemias, desastres naturais, e má governação e/ou gestão, apenas citando algumas. Ao que se diz estamos a entrar numa profunda crise por isso podemos esperar várias e profundas mudanças. A crise é global, ao que parece. Ou pelo menos quase global, pois aqueles que continuam no chamado 3º Mundo já não podem descer abaixo do nível miserável em que vivem.

• • •

Quero agradecer ao timer da minha tv…

Quero agradecer ao timer da minha tv por ser tão difícil de activar que em metade dos dias não encontro forças para o fazer quando vejo tv no quarto. Ontem foi o único dia em que não acordei com uma má disposição a meio da noite, pois assim que acordei, soube da vitória de Obama.

• • •

Que cambada de chupistas

Já não posso ouvir todos estes grandes (e alguns pequenos) empresários, gestores, comentadores e dirigentes de direita a queixarem-se como se fossem eles que não têm dinheiro para ir ao supermercado no fim do mês! A crise só vem mostrar ainda mais a completa ausência de consciência e responsabilidade social das empresas e da banca.

• • •