Precipitação

Como bom benfiquista, não podia deixar de escrever qualquer coisita sobre o meu clube! Lá se vai toda a minha imparcialidade para aqui falar de futebol, mas quando se é de um clube a imparcialidade é sempre um pouco esquecida. Pena que poucos 0 admitem. Haveria tanto para dizer sobre futebol e o benfica, mas afinal tudo, ou quase tudo, é dito nos jornais, nos forums, nos cafés, às refeições. Diz-se tanto, tanto que até diria que no final da época quase todos vão ter de engolir uns sapinhos, ou “sapões”! A experiência Trapattoni foi das que mais gozo me deu nos últimos anos! O velho senil, reumático, que não faz substituições e não sabe o nome dos clubes. Esses mesmos estavam nas ruas a dizer bem do “velho sábio” quando fomos campeões. Pois bem, parece-me que nesta época os velhos do restelo ainda cá andam.

• • •

Pensei….

Pensei… não deveria fazer parte dos temas deste blog mas, sou eu quem manda por isso escrevo o que quiser. Pois bem, só queria fazer uma pequena pergunta aos candidatos de esquerda à PR Portuguesa.: Como raio é que querem derrotar o Cavaco se lhe cedem 90% do seu tempo de antena??? Os vossos discursos (pelo menos a parte que é transmitida na tv) falam apenas de Cavaco! “Bem ou mal, que falem!” Deve pensar Cavaco! E como resulta! Demonstra um grande complexo de inferioridade e muita insegurança por parte dos candidatos de esquerda. Não sei como é possivel os seus homens não se aperceberem disso! Se calhar também eles ganham mais com a eleição de Cavaco… mas isso só alguns saberão.

• • •

Q

Q, O espião do vaticano; aliás; Q o caçador de hereges. É um “livrinho” escrito por quatro amigos italianos sob o pseudónio literário de Luther Blisset. O primeiro título que escrevi é o da edição portuguesa que a Bertrand nos faz o grande favor de editar em dois volumes pela, módica, quantia de 17 € aproximadamente. Isto conforme a época do ano. O segundo título é o da edição brasileira da editora Conrad. Esta útima disponibiliza o livrinho online em PDF grátis (desde que para uso pessoal). Ora bem podemos pensar o que quisermos, mas a editora portuguesa é mestre na arte de saber lucrar. De um livro que se distribui gratuitamente fazem dois e vendem ambos a bom preço… para eles.
Mas falando do livro em si… Ainda não o terminei, já falta pouco mas, daquela leitura difícil, confusa, das rajadas de palavras e frases desconexas que encontrei no início já pouco encontro. Talvez a escrita dos autores tenha mudado ou eu mudado com o livro.
Q, a personagem mistério, negra, que se difarça na multidão sendo todos e ninguém ao mesmo tempo, parece que controla toda a acção. A vida de quase todos os personagens do sec XVI deste romance está suspensa pelo fios das marionetas de Q. É a ele que se deve grande parte do interesse do romance. O desencanto com a vida do narrador e inimigo de Q parece ser o que o salva de todas as guerras, escaramuças, e perigos da estrada que enfrenta. O sua vingança para com Q é o que lhe devolve a vida aos 50 anos de idade. Mas bem, não vou falar mais da história. Fico por aqui e apenas digo que vale a pena ler apesar do custo inicial. Envolve-nos totalmente, e as histórias de outros tempos sempre nos cativam mais do que as do nosso que são sempre tão iguais. Se possivel façam do download do e-book ou se quiserem algo para segurar no sofá a ler podem sempre comprar.

• • •

Início

Assim começa um blog. Começou hoje e aqui. Ainda não sei o que nele escrever. Mas vamos com calma, quando se nasce começa-se por gatinhar antes de andar. Mais notícias virão em breve e isto vai tornar-se bem mais interessante. Mas desenganem-se aqueles que pensam que este vai ser um blog com pornografia, ou algo que se pareça. Já há tantos!! Não haveria espaço para mais um. Bem até ao próximo post.

• • •
1 134 135 136